+0 - 0  by /0 comments

Numa coisa o PT pode ter razão!

charge_dilma_tres_macacosÉ muito comum vermos o PT e seus aliados taxando seus opositores de antidemocráticos. Não quero entrar no mérito jurídico da questão, mas em se tratando de comportamento, vejo cada vez mais pessoas que são contra o governo agirem de forma a dar validade a este tipo de acusação. Também não estou dizendo que o comportamento descrito neste artigo não se encontra do lado de apoio ao PT e a Presidente Dilma, mas quero chamar a atenção para o lado contrário ao Planalto.

 

Além dos amigos pessoais, que fazem declarações espantosas (claro que no meio privado), tenho visto notícias que acabam me fazendo olhar de forma mais crítica para “o meu lado” desse debate. Por mais democrático e “imparcial” que você seja, sempre que alguém discordar de você despertará algum sentimento de “defesa”, mas isso não é errado, é natural, humano. O problema é como você responde a este “ataque”.

 

Minha mãe, mulher muito sábia, costuma de advertir sempre com esta frase quando ela acha necessário: “Você não pode deixar que as ações das pessoas ditem a sua reação, pois aí elas estarão dominando você”. Mais uma vez minha mãe tem razão, e vejo isso acontecer cada vez com mais frequência nas redes sociais.

 

O último programa “Profissão Repórter” teve como tema as manifestações de rua contra e à favor do governo Dilma, mas um fato, que pode até ter passado desapercebido por muitos telespectadores, me chamou a atenção. Um dos integrantes da equipe do programa, ao entrevistar o jovem Pedro Rogério, desempregado que vendia produtos na rua, perguntou se apesar da situação atual dele para qual manifestação ele iria, contra ou de apoio ao governo e a resposta foi que iria apoiar o governo, nesse instante um transeunte, também desempregado, parou e começou a criticá-lo, chamando a sua atenção para o motivo do seu desemprego ser culpa da Dilma. Daí o repórter indagou o transeunte se o jovem desempregado não poderia ter a opinião dele, quando veio a declaração maléfica que existe dentro de muitas pessoas: “Não, ele não pode ter a opinião dele porque ele tá errado”.

 

Outro fato semelhante aconteceu nas redes sociais. Recentemente a atriz Letícia Sabatella teve seu perfil no facebook bloqueado pela rede social devido as inúmeras denúncias feitas por outros usuários que não concordavam com suas declarações públicas de apoio a Presidente Dilma e críticas contra o impeachment. O fato é que quando PT chama de atitude antidemocrática a tentativa de impeachmet as opiniões se divergem, tanto no meio popular quanto no meio jurídico. Mas de uma coisa eles tem razão, cada vez mais as pessoas qua lhes são contrárias tomam atitudes e se comportam de forma a querer censurá-los.

 

Calar seu opositor a força não lhe faz ganhar uma disputa ou debate, só lhe faz ter a imagem de uma pessoa que não tem argumentos para tal, comportamento típico de governos ditatoriais, onde a oposição é calada de todas as formas. O meu medo é que sempre acreditei num ditado popular que diz: “o povo tem o governo que merece” e com essa personalidade da atual sociedade tenho receio de que tipo de governo nos representará, pois alguns políticos são capazes de fazer qualquer coisa para agradar seu possível eleitorado, vide as manobras eleitoreiras do PT nas últimas eleições presidenciais.

 

Finalizo com uma da frase, que muito me identifico, do celebres do escritor e filósofo iluminista francês Volteire:

Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.

  Post comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *