+0 - 0  by /0 comments

Lopana e IMA lançam Eco-Passeio pelas piscinas naturais da Ponta Verde

image

 

Que tal visitar as piscinas naturais e suas barreiras de corais de uma forma diferente, tendo a oportunidade de explorar e aprender um pouco mais sobre um dos mais ricos e fascinantes ecossistemas de Alagoas?

 

Em parceria com o Instituto do Meio Ambiente (IMA), este é o convite que o Lopana faz a alagoanos e turistas com o lançamento do projeto Eco-Passeio, uma série limitada de saídas a bordo de seu catamarã, nas quais será possível ver de perto, ao lado da experiente equipe de biólogos do IMA, algumas das inúmeras espécies de peixes, seres marinhos, algas calcárias e plantas que habitam a formação de corais da Ponta Verde, considerada a maior do estado.

 

Durante três meses, de 23 de julho a 1º de outubro, a programação do Eco-Passeio contará com saídas quinzenais, sempre aos sábados, com horários de saída variando de acordo com a previsão das marés. Com partida e chegada no Lopana, o tour explicativo passará por pontos como a Pedra Virada, onde será possível descer do catamarã e participar de uma verdadeira aula de campo com a observação dos corais, além de visitar as proximidades da Piscina do Amor (transformada em Zona de Exclusão desde 2015), o banco de areia da Ponta Verde e os arredores das piscinas da Pajuçara e do porto.

 

“O objetivo deste passeio é ajudar a despertar a consciência do público para a importância da preservação de uma das maiores riquezas naturais de nosso estado”, afirma Eduardo Salles, proprietário do Lopana. “Estamos muito felizes por poder agregar à nossa programação de passeios de catamarã esta proposta que vai muito além do lazer ou turismo”, diz.

 

O Eco-Passeio pela Ponta Verde faz parte do projeto “Navegando com o Meio Ambiente” do IMA, que desde 2009 já levou em seu barco-escola mais de 10 mil pessoas, em sua maioria crianças e jovens em grupos formados por escolas, associações e instituições de caridade, para conhecer o Complexo Estuarino-Lagunar Mundaú-Manguaba (CELMM).

 

“Com este novo roteiro, além de poder apresentar mais um dos ecossistemas de Alagoas, estamos abrindo espaço também para que um novo tipo de público — formado por alagoanos e turistas — tenham acesso a este tipo de experiência, algo que acreditamos ter grande poder multiplicador”, afirma Pedro Normandi, gerente de educação ambiental do IMA.

 

Do valor de cada passeio, que custa R$ 35 por pessoa (o mesmo cobrado pelas demais saídas turísticas convencionais do catamarã), R$ 10 serão destinados ao IMA para a aplicação em projetos de preservação das piscinas naturais da Ponta Verde. Além disso, a parceria prevê também a utilização da estrutura de wi-fi presente no catamarã para a instalação de câmaras de monitoramento na Piscina do Amor.

 

Confira o roteiro:

Ponto de embarque – Lopana: Apresentação, justificativas e objetivos.
Pedra Virada: O que são os recifes, biodiversidade e preservação.
Piscina do Amor (passagem): Importância deste recife, dinâmica recifal, justificativa de escolha.
Piscina da Pajuçara (passagem): Histórico, uso tradicional e área de sacrifício.
Prainha: Porto, histórico, enseada da Pajuçara, ações do IMA e monitoramento.
Banco de Areia: Formação, Alagoinha e intervenções humanas
Ponto de desembarque – Lopana

 

image

Eco-Passeio pelas Piscinas Naturais da Ponta Verde

Datas: de 23/7 a 1/10, quinzenalmente aos sábados, com variação de horários de acordo com a maré.

23/07 – 11h00
06/08 – 11h00
20/08 – 10h30
03/09 – 10h00
17/09 – 09h00
01/10 – 09h00

Valor: R$ 35 por pessoa (dos quais, R$ 10 serão destinados ao IMA para projetos de preservação ambiental). Vagas limitadas.

Informações e reservas: www.lopana.com.br

 

Fonte: Aline Angeli
Amais Imprensa
www.amaisimprensa.com
(82) 3021.0528
(82) 98811-1884

+ 0 - 0

  Post comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *