+16 - 1  by /3 comments

10 ótimos restaurantes “desconhecidos” de Maceió – Parte 1

Maceió é conhecida por sua boa culinária, mas as opções indicadas são de grandes restaurantes, famosos por seus chefes ou cardápios, tanto local quanto nacionalmente. O que muitos alagoanos não sabem é que nossa capital “esconde” restaurantes muito bons, com preços muito atrativos em comparação aos demais, e que oferecem pratos originais, ao alcance de qualquer um que tenha curiosidade em conhecer mais da nossa gastronomia popular.

 

Abaixo elencaremos 10 dos restaurantes com ótima qualidade e pratos muito bem elaborados e saborosos que se “escondem” nos bairros da nossa capital, e que você conhecerá agora, expostos aleatoriamente. Confira:

“TILÁPIA RECHEADA” – Boteco do Tonho

11939575_550557655112023_1675760413_n

PRODUTO: esse prato é um dos melhores pratos de bairro que já encontramos. Vem uma tilápia inteira, topada de farofa com ovo cozido e camarão no seu interior, dá uma olhada aí na foto, parti o peixe só para mostrar a vocês! Bom DEMAIS! Além de vir acompanhada de feijão (tropeiro ou não), arroz branco, salada e farofa. A farofa que vem dentro do peixe, com um limão, fica boa demais. Vale muito a pena experimentar. Para mim, é melhor que a costela, prato mais conhecido de lá. Serviu bem eu e minha dama, mas acho que pode servir até 3 se bem dividido. O peixe também vem muito bem preparado.
AMBIENTE: fica localizado lá na Ponta Grossa, depois do Bar do Pelado. Você chegando por lá o pessoal indica, Pq achei meio complicado de dizer como chegar. Tem mesas dentro do boteco, mas o bom mesmo é ficar nas mesas ao ar livre, na “pracinha” da frente. Bastante frequentado por famílias nos fins de semana. Se você clicar na localização sobre a foto o mapa leva direitinho lá.
PREÇO: R$40,00
ATENDIMENTO: chegamos depois das 11h, tinha pouca gente ainda, o pedido não demorou para chegar, mas quando dá 12h o lugar lota, o que pode atrapalhar um pouco o atendimento. Mas atendem com simpatia e atenção.

 


“CARNE DE SOL DE COSTELA SUÍNA AO FORNO” – Quintal do Clóvis

13277693_1065013123537903_19797933_nPRODUTO: pense numa costela de carne de sol suína boa da poxa, ela vem com um pouco de molho barbecue por cima, mas você pode pedir sem! Uma das melhores costelas que já comi aqui em Maceió sem sobra de dúvida. Muito macia, vem descolando dos ossos. Vem acompanhada de porção de feijão (que pode ser tropeiro, caseiro, fava ou de corda), pedimos 1/2 tropeiro e 1/2 caseiro, arroz, farofa e vinagrete. Serve muito bem 4 pessoas e é um dos melhores almoços que você vai poder ter hoje. Vale a pena demais!
AMBIENTE: fica localizado no Aldebaran, depois do restaurante Sakai. Uma casa sem letreiro, mas toda azul, facilmente identificada. Você entra por um corredor e lá no quintal tem várias mesas. Outro ponto de referência são os vários carros que ficam na porta.
PREÇO: R$68,00
ATENDIMENTO: atendem muito bem, sempre simpáticos e atenciosos.

 

 


“CAMARÃO AO MANJERICÃO” – Restaurante Miramar

12976614_606769909489386_324431396_nPRODUTO: galera, peeeense num prato bom! No cardápio diz que serve duas pessoas, eu achei que dá para servir até 3, minha dama disse que serve duas pessoas mesmo, mas também ela repetiu umas duas vezes kkkkk então se você tiver uma dama como a minha aí realmente só serve duas, mas eu acho que dá para 3. Vem uma porção muito boa de camarão ao molho de tomate com manjericão, muito saboroso mesmo! Uma porção de arroz branco e de batata frita (muita). Você pode substituir a batata e arroz por espaguete. A comida vem um pouco sem sal de propósito, mas na mesa tem para você colocar. Essa batatinha nesse molho do camarão fica bom demais também! Show de bola!
AMBIENTE: galera, meio complicado de explicar, mas vou tentar. Fica na Jacarecica, na rua por trás do motel Jardins. Loteamento Parque Miramar, 26, Q-F. Você vindo pelo Fórum Estadual em direção à praia de Jacarecica, após dobrar a esquerda no posto pega a primeira a esquerda depois do Motel. É uma casa normal, sem um letreiro chamativo. Funciona de quinta a domingo, das 11h às 17h. Tem uma piscina lá que parece que os clientes podem usar. Várias mesas e é aberto.
PREÇO: R$48,00
ATENDIMENTO: o pedido não demorou quase nada, o prato chegou bem quente. Mas só tinha a gnt e outra mesa, então não lembro como é com a casa cheia. Atenderam bem.

 

 


“FEIJOADA” – Feijoada da Maria Gorda

13167337_239998406365084_1358353169_nPRODUTO: essa é uma feijoada muito conhecida por aquela região lá da UFAL. É uma feijoada gorda, servida para duas pessoas, vem com porção de arroz, farofa, feijoada e um prato de carnes. O caldo é fino, não é ralo, é bem feito e saboroso, só é “fino”, gosto mais quando é caldo grosso. As carnes são basicamente charque, linguiça fatiada e muito mocotó, pelo menos no nosso pedido veio assim. Ah, e o caldo que vem no prato de carnes é diferente do da feijoada, é muito bom também, misturado na farofa com limão fica melhor ainda kkkkkkk. No prato de carnes vem também alguns legumes, folhas e banana cozida. Serve exatamente duas pessoas que comam medianamente bem. O tempero do feijão é diferenciado mesmo.
AMBIENTE: você vindo da passarela da UFAL para o centro de Maceió entra na penúltima rua à direita, já na via do retorno para a faculdade. Foi a melhor forma de explicar como chegar kkkkkk. O endereço é na Travessa Edgar de Goes Monteiro, no bairro Santos Dumont. Tem área externa coberta e ampla, tava ventilado quando eu fui. Área interna um pouquinho mais estreita. Casa cheia. Se você for pelo mapa da localização na nossa postagem dessa foto no nosso instagram você chega certinho lá.
PREÇO: R$38,00
ATENDIMENTO: normal, o pedido, apesar da casa cheia, não demorou para chegar.

 

 


“Feijoada” – Mercado do Jaraguá

11085200_590657274404812_75866307_nPRODUTO: feijoada, tamanho grande, serve bem três pessoas, pode servir até quatro. Vem com porção de arroz, torresmo, farofa e couve, que pode ser substituído por vinagrete. Feijoada muito bem preparada e saborosa. A dica é pedir que as carnes venham separadas, para que venha mais feijão. Muito boa mesmo, o caldo nem é ralo e nem grosso demais e bem temperado.
AMBIENTE: localizado no Jaraguá, no Mercado do Jaraguá, bem próximo ao Centro de Convenções. Lá existem vários restaurantes onde todos têm como forte a feijoada. Várias mesas e ventiladores, mas tem alguns pombos circulando pelo galpão e voando sobre as mesas.
PREÇO: R$40,00 (todos os estabelecimentos mantém o mesmo preço da feijoada)
ATENDIMENTO: demoram um pouco para atenderem os pedidos mas algumas são simpáticas. O problema é se cair dinheiro do seu bolso, aí a atendente é capaz de jurar que o dinheiro não é seu, indiretamente lhe acusando (aconteceu comigo). Isso tudo para ficar com o dinheiro, mas é só você pedir para mostrar as imagens das câmaras que tem no local que ela logo se aquieta.

 

 


“LASANHA À BOLONHESA” – Passaporte do Gilmar

11820725_606252372848399_2039761205_nPRODUTO: lasanha muuuuuuito saborosa, beeeeeem suculenta e muito recheada de carne e queijo. Essa é “para dois”, mas serve muito bem até quatro, e se apertar um pouquinho serve até seis pessoas. Galera, ela é muito saboroso mesmo. Já postei outras vezes e alguns seguidores me deram um feedback. Vale a pena! Minha dica é comer com a maionese caseira de cenoura deles, confie em mim, fica melhor ainda!
AMBIENTE: fica localizado por de trás do Hospital Portugal Ramalho, no Farol, “próximo” ao antigo Boliche. É um local simples, mas muito frequentado pelos moradores próximos e alguns apreciadores de lasanhas (eu! Kkk). Tem um andar de cima com mais mesas. Tem wifi. É um lugar para você ir matar a fome de uma boa lasanha e pagar “pouco”.
PREÇO: R$32,00
ATENDIMENTO: pessoal tranquilo e muito atencioso. Sempre prestativos. O próprio Gilmar é uma figura muito agradável

 

 


“CAMARÃO” – Bar do Rogildo

12501679_998103550254721_1761932032_nPRODUTO: então, fui conhecer o famoso camarão acebolado desse estabelecimento. Lá é um pouco diferente, todos os pratos da foto foram pedidos separadamente, eles não vêm juntos num só “prato”. O arroz e o feijão estavam muito bons, mas igual a qualquer bom feijão tropeiro e arroz branco, mas o restante, MUITO BOM! O camarão acebolado descascado estava muito macio e com um sabor leve bem diferenciado, a minha dama (fanática por camarão, tanto que comeu TODOS os camarões sozinha e nem percebeu kkkk, sério, não é resenha não) disse que o segredo é passar o camarão no caldo que vem no prato kkkkk. A bisteca veio bem passada e macia, muito saborosa, além de ser acompanhada de uma salada, agora esse pirão roubou a cena para mim, pense num pirão de peixe bom! Você pedindo isso tudo aí da foto você terá um almoço típico regional de primeira linha! São três pratos excepcionais, o pirão, o camarão e a bisteca suína! Vale muito a pena! Isso tudo aí serviria umas 3 ou 4 pessoas. Fome bateu agora kkkkk sabe aquele almoço com os amigos num domingo? É a cara desse lugar!
AMBIENTE: galera, é complicado explicar como chegar, a melhor forma é você pegar a principal do Bebedouro e lá no final, quando tiver uma bifurcação dobrar a esquerda e em seguida perguntar a alguém, é bastante conhecido na região. É um barzinho mesmo, típico de bairro, mas tinha famílias almoçando lá, samba de raiz tocando no som, umas fotos de clientes fiéis e personalidades e o proprietário Rogildo servindo os clientes com os garçons. O mapa da localização dessa foto (aqui no Instagram) leva direitinho até lá.
PREÇO: camarão acebolado descascado R$17,00, pirão R$5,00 (ISSO MESMO!), Bisteca Suína R$12,00, arroz R$3,00 e feijão R$3,00. Muito importante, eles não aceitam cartão, então leve em dinheiro!
ATENDIMENTO: achei eles atenciosos, mas o pedido veio chegando parcelado, o que poderia acabar esfriando alguns, já que teve uma certa espera de um para outro, talvez por ser pratos diferentes, não sei. Acho que se colocassem pelo menos mais um garçom ficaria ideal. Atendem com atenção e são solícitos. Ah, minha dama mandou avisar que o preço da caipirinha lá é inacreditável kkkkk

 

 


“ESPETINHO E PÃO DE ALHO” – Belinho

13248933_628307683988129_135341841_nPRODUTO: espetinho de linguiça muuuuuito bom, a carne é diferenciada, vem acompanhado de porção de vinagrete e farofa. O pão de alho também é muito bom, bem recheado. O parto mais conhecido lá é a carne de sol de cordeio, vale a pena conferir também.
AMBIENTE: fica na Jatiuca e não tem letreiro nenhum que o sinalize, por isso vou colocar o endereço mesmo e uns pontos de referência. Fica na rua Dr Procópio Jr, n° 576, do lado do Empresarial The Square, que fica na Amelia Rosa. O ambiente passou por uma reforma recentemente, está climatizado e com acústica. Tem mesas e é um de tamanho médio, mas bastante agradável. Só funciona de noite de terça a sábado.
PREÇO: cada um custa R$4,00
ATENDIMENTO: atendem bem atenciosos e simpáticos, mas demora um pouquinho.

 

 


“PASSAPORTE” – Caldilar

12950455_1724195461192636_506620470_nPRODUTO: você pode estar estranhando uma postagem de passaporte uma hora dessas, mas é tradição do Jaraguá há mais de 50 anos. O famoso mesmo é o cachorro quente, mas esse passaporte é o cachorro quente com acréscimo de milho e ervilha. Muito bom! Você pode pedir no pão ceda (o da foto) ou no tradicional pão francês. Tem aquele gostinho de tradição em cada mordida. É cheio durante toda a manhã e tarde. serve bem uma pessoa.
AMBIENTE: fica localizado lá no Jaraguá, na rua por trás da Estácio FAL. É uma casa de esquina com um dos becos, de cor amarela. Tem poucas mesas dentro e alguns bancos no batente. É bem simples. funciona de seg a sex das 08h as 17h, e sábado das 08h as 13h
PREÇO: R$6,00
ATENDIMENTO: sempre que vamos somos muito bem atendidos. o pedido não demora para chegar.

 

 


“SELF-SERVICE E BUCHADA, ENTRE OUTROS” – Buchada do Galego

12750148_931836506900402_1689343379_nPRODUTO: buffet caseiro com uma boa variedade de saladas e pratos. Você pode participar do rodízio, que dá direito a pedir qualquer uma das carnes da casa quantas vezes quiser, ou só o comercial, que pode se servir à vontade no buffet, mas só um tipo de carne. A quantidade de carne que vem é suficiente para uma pessoa, e se você for com mais alguém podem pedir carnes diferente para cada um provar um pouco das duas. Tem feijão tropeiro, dois tipos de arroz, tem dia que tem feijoada, maionese, enfim, o cardápio é muito bom. Vale a pena conferir e já é bastante conhecido da região. As opções de carne são: buchada, rabada, Carneiro, mocotó, sururu, sarapatel, chambaril, boi guisado, porco guisado, peito de frango, bisteca de porco, galinha guisada, galinha à cabidela, peixe, lombo paulista, língua e fígado
AMBIENTE: mudou do antigo lugar para o novo, mas não é difícil de achar. Fica exatamente na rua de trás da antiga localização, numa “principal”. Tem área com muitas mesas e uma área climatizada agora. Achei um pouquinho escuro mais pra dentro, mas tá de boa. Agora fica na rua Senador Firmino de Vasconcelos, na Ponta da Terra, próximo ao Hiper da Pajuçara
PREÇO: o preço não mudou com a mudança do local. Fica R$17,00 o comercial e R$30,00 o rodízio.
ATENDIMENTO: todos atendem muito bem, inclusive o próprio galego. Todos muito simpáticos e atenciosos.


Encerramos essa nossa primeira lista por aqui, na próxima iremos relacionar os tesouros escondidos nas cidades do interior de Alagoas




 


 

3 comentários

  1. Kleber Mariano

    Faltou o boteco do Urugua e sua coxinha. Merece uma visita do site.

  2. JADSON DA SILVA COSTA

    Olá, faltou aí o Carlos Birosca, o camarão crocante de lá é show de bola, abraços.

  Post comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *